Estratégia de desenvolvimento de solucoes: Comprar feito, fazer à medida ou adaptar?

 

FD1B52B5-9A36-47F7-BF44-2A6046364993

Muitas vezes, é mais rápido iniciar um novo projeto analisando a possibilidade de adquirir um novo software do que avaliar a possibilidade de projetar uma solução a partir dos aplicativos instalados ou considerar mesmo atualizá-los para novas versões.

Interessante é o facto que, na maior parte dos casos, essas decisões não são apoiadas por análises reais de custo-benefício. Mas atencao, estas decisões não se tratam apenas uma questão de investimento. Outros fatores devem ser considerados na decisão e gostaria de compartilhar alguns pensamentos com você sobre esses fatores.

A influência do marketing e a pressão da Inovação

Mesmo se você confia no relacionamento que construiu com seus fornecedores de software, às vezes eles o abordam com campanhas de marketing ou o influenciam com algumas buzz words, e você sente a pressão de adotar aplicativos mais inovadores, mesmo não entendendo o potencial da ferramenta ou fazendo uma rápida análise sobre se seus processos de negócios, seus funcionários e sua cadeia de valor são compatíveis com a particular finalidade do produto de software. Constatamos assim, que se trata mais depressa de uma decisão emocional, do que uma decisão suportada por critérios lógicos e factualmente comparativos.

A influência das consultoras

Preciso dizer que fico muito cética relativamente à influência de consultores externos nas decisões estratégicas internas. Se estivermos falando de uma plataforma ou aplicativo de negócios estratégicos, tomar uma decisão baseada em uma recomendação de consultoria exige uma profunda reflexão sobre prós e contras para a solução recomendada

Lembre-se de que você será responsável pela implementação das medidas sugeridas e você precisa administrar as conseqüências. Pode acontercer, observarum conflito de interesses entre: a empresa de consultoria que trabalhou para a sua empresa aconselhando-a e o produto recomendado. Este talvez esta não seja a melhor solução para o seu caso, mas é a solução de um parceiro comercial de seus consultores.

Benchmarking: É sempre bom ver o que a sua concorrência optou em casos/problemas semelhantes e como resolveram os desafios da implementação

A ideia nao é seguir a corrente, mas sim aprender com o exemplo e com as dores de quem adoptou primeiro uma tecnologia.

Seus colegas de trabalho estão apoiando você? Seus funcionários estão prontos para trabalhar com a tecnologia que você pretende adquirir?

Se o aplicativo que você está adquirindo toca seus clientes, é sempre bom testar com eles a sua aceitação e usabilidade de modo a reduzir o tempo de aprendizagem e adoção e aumentar satisfação. Você deve perguntar-lhes se essa nova tecnologia realmente influenciará sua lealdade ou o potencial de venda. Talvez você descubra que eles valorizam mais outras funcionalidades e e recursos e não os que vai adquirir com esse aplicativo.

Relativamente aos seus funcionários, você também deve obter sua aprovação e exatamente como fez com seus clientes, ver se o aplicativo é realmente o que faz a diferença para melhorar suas condições de trabalho, resultados ou desempenho. Tenha também em mente que seus funcionários devem ser treinados e, às vezes, podem não ter os pré-requisitos para operar com o novo software.

A minha recomendacao

  • Comece por analisar as suas necessidades,
  • Pergunte a si mesmo se você realmente precisar dele agora;
  • Consulte pessoas que lhe servem de referência (o que eles estão comprando? Para resolver o quê? Você tem os mesmos problemas? Eles estão tendo sucesso? Depois de quantos meses? Etc.) e somente no final solicite consultoria externa para afinar sua decisão, para prototipar e corrigir se necessário.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.