Como definir e organizar um POC?

IMG_3313

Por vezes pode tornar-se complicado organizar um Proof of Concept e comecar por definir o que se pretende alcancar e as condicoes, que à partida, nos sao oferecidas para o fazer, fazem toda a diferenca para o plano que se poca definir. Tenha em atencao o tempo de implementação e o orcamento disponiveis. Considerando estas condicoes, um PoC deve ter um escopo/ambito claro, alcançável dentro do período de tempo acordado. Este post é um resumo das minhas recomendacoes pessoais para o ajudar a planear e estruturar um PoC.

Primeiro caso: assumindo que estamos iniciando um novo produto

Tudo começa por um conceito, uma visão, uma estratégia e uma lista de funcionalidades desejáveis, ao que chamamos de Minimum Viable Product (MVP).
A partir daqui podemos comecar a questionar a necessidade de um PoC. O caminho que recomendo passa pelas seguintes etapes:

  • Para o MVP, comece a escrever Epics;
  • Nos Epics descreva as funcionalidades;
  • De uma prioridade e uma ordem de importancia de cada funcionalidde para o MVP. Funcionalidades chave sao aquelas que trazem mais valor para o produto, ou mais valor para o utilizador/ usuário ou para o cliente.
  • Uma vey identificadas as funcionalidades chave, analize onde reside a complexidade para a sua implementacao.
    • É uma complexidade em termos de conceito, experiência do usuário/utilizador (complexidade conceptual ou de Design)?
    • É uma complexidade mais orientada para as dificuldades de implementacao (complexidade técnica)?

Muitas vezes, ambos os tipos de complexidade estão presentes na mesma funcionalidade: conceptual e técnica.




Segundo caso: Considerando um PoC para um produto já lancado, quais as diferencas à abordagem anteriormente sugerida?

Na verdade, nada muito relevante, geralmente quando se planeia um PoC, estamos a faze-lo para uma funcionalidade em particular. Entao necessita igualmente de avaliar qual o tipo de complexidade em causa que o faz considerar realizar um PoC e quais os resultados que estamos interessados em aprender, que hipótese estaremos testando.

Outros desafios se podem levantar aqui, podem estar relacionados com a necessidade de integrar a nova funcionalidade no mapa de navegação do produto atual ou como acomodá-lo na perspectiva integral do design da solução.




Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.